Defesa Civil de São Gonçalo e Niterói realizam ação conjunta com o Governo do Estado

Antecipar e unificar as ações, esses foram os objetivos do 1° Simulado Conjunto da Defesa Civil. O encontro, pioneiro no Estado do Rio, foi organizado pelo Governo do Estado junto à Defesa Civil de São Gonçalo e de Niterói, e reuniu profissionais de diferentes setores que atuam na prevenção e durante calamidades públicas. Na atividade, a proposta foi reunir profissionais que atuam junto à Defesa Civil, como Corpo de Bombeiros, SAMU, Vigilância Ambiental, Guarda Municipal, Centro Estadual de Monitoramento e Alertas de Desastres (Cemaden), Cruz Vermelha, secretarias de Transporte, Planejamento, Comunicação, dentre outros órgãos e setores que trabalham em conjunto em casos de calamidades públicas e desastres naturais. "A ação conjunta é importante para desenvolvermos a mesma linguagem e os mesmos protocolos nos casos de desastres. Além disso, a proposta é entender e aprimorar como trabalhamos juntos. A integração é fundamental e traz transparência para a população de como é feito esse trabalho em rede. Além de garantir eficácia, rapidez e precisão na nossa atuação em uma situação de urgência!", explicou o tenente-coronel Anthony, coordenador regional de Defesa Civil metropolitano. O simulado de mesa fez com que, a partir de uma situação de desastre hipotética, todos os órgãos trabalhassem em conjunto. Onde foram apresentadas ações desde o recebimento de alertas de chuvas e mudanças climáticas até as mobilizações de socorro e resgate de vítimas após um desastre. "Nós ficamos muito felizes com o convite do Governo do Estado para realizar esta ação. Já realizamos um trabalho de excelência em São Gonçalo, onde contamos com mais de 300 voluntários, e poder ampliar esse serviço, sobretudo atuando com o nosso município vizinho, é de fundamental importância para nós e toda a população. Quem ganha são as pessoas!", afirmou Antônio Haag, subsecretário da Defesa Civil de São Gonçalo. Uma característica da situação simulada foi o que uniu as duas cidades: o local do acidente fazia divisa entre os municípios. E com isso, a ação conjunta foi desenvolvida. "Um desastre não obedece fronteiras territoriais. Então, é fundamental e extremamente importante estarmos todos os principais órgãos e secretarias trabalhando em conjunto, tendo conhecimento das ações uns dos outros, e como o trabalho coletivo é fundamental para termos o controle das ações. Quero agradecer todos os órgãos empenhados e a todos da Prefeitura de São Gonçalo, que realizam um trabalho espetacular na cidade!", ressaltou o secretário de Defesa Civil de Niterói, Walace Medeiros.
São Gonçalo, 07/11/2019
Fonte: Ascom
Autor: Thayná Alves