“Vestindo arte...o desfile” encanta alunos da UMEI José Calil Abuzaid

A Unidade Municipal de Educação Infantil José Calil Abuzaid, localizada no bairro Vista Alegre, preparou uma programação especial para o último sábado (7) com a realização do evento “Vestindo arte... o desfile”. O trabalho contou com o planejamento coletivo e a colaboração de toda equipe de professores. Segundo a diretora Martha Lucia Duarte de Oliveira Conceição, “Vestindo Arte...o desfile” foi elaborado a partir da necessidade de compartilhar com as famílias o trabalho de artes produzido ao longo do ano letivo que, ao invés de uma exposição estática, faria uma exposição em movimento onde as obras seriam pintadas nas roupas das crianças. A preparação movimentou professoras, funcionárias e parentes de funcionárias, que começaram a confeccionar as roupas sob medida para cada criança num total de 97 modelos. Cada professor(a) elaborou com a sua turma o texto da narração do desfile e a escolha da trilha sonora. “A turma ciranda dos animais se encantou desde o início com todas as músicas e melodias, os animais e suas vozes e tudo o que envolve esse universo das músicas do cancioneiro popular. Dentro de vários materiais elencados a esse projeto de descoberta do mundo através da música, encontramos o livro “Quem canta seus males espanta” de Theodora Maria Mendes de Almeida, da editora Caramelo que vem com um CD com 73 faixas musicais cantadas por crianças e adultos. O encantamento com esse material foi imediato e começamos a partir daí a fazer uma releitura de músicas escolhidas por eles que foram organizados em cadernos de músicas para cada criança", explica a professora Michelli Nassif da turma de 2 anos. Já a professora Renata Kelly, trabalhou com releituras das obras do artista plástico Ivan Cruz. Para o desfile “Vestindo arte”, cada criança escolheu uma brincadeira para ser representada na fotografia e pintou com autonomia sua roupa para o desfile. As professoras da turma de 4 anos, Verônica Valle Vianna e Cinthia Campos, turma Animada, trabalharam o artista Gustavo Rosa, onde cada criança escolheu uma obra a ser retratada em sua vestimenta para o desfile. Para os alunos de 5 anos, das professoras Rafaella e Barbara, turma dos salvadores, o material escolhido ficou por conta das músicas de Vinicius de Moraes do livro “A Arca de Noé”, onde cada criança escolheu a música que seria ilustrada em sua roupa. A turma de 5 anos das professoras Gislaine e Danielle, turma Príncipes e princesas, confeccionou um pássaro inspirado na poesia “Bernardo” de Manoel de Barros, com o qual pintaram suas roupas. Para o projeto da turma do Alfabeto, dos DCA (detetives da creche azul), foi escolhido o estilo graffite que tem na sua origem o significado “escrita de carvão”. É uma expressão artística que tem como finalidade reclamar do que está errado, ou seja, de fazer uma critica social, mas também uma forma de transmitir mensagens de cunho político, cultural, humanitário e, sobretudo, artístico em locais públicos como paredes, edifícios, ruas, etc. “O trabalho ficou muito bonito com a participação de todos, desde os alunos mais novinhos até os funcionários, professores e direção. Ficamos felizes com o resultado que mostrou como é importante a expressão através da arte”, concluiu a diretora Martha.
São Gonçalo, 09/12/2019
Fonte: Ascom
Autor: Selma Nogueira