São Gonçalo, 21

de Janeiro de 2022

Acessibilidade

Acesso Rápido



Início do Site Notícias

Notícias

São Gonçalo abraça e implanta o projeto "Pedofilia: aprender para se proteger"


 Clique na imagem para ver todas as fotos.
O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, desembargador Claudio de Mello Tavares, e o prefeito de São Gonçalo, José Luiz Nanci, participaram nesta segunda-feira (4/11), de uma audiência pública para o lançamento da campanha "Pedofilia: aprender para se defender!". O evento, que conta com o apoio da Prefeitura e da Câmara Municipal, foi realizado na sede da OAB-SG, no bairro Zé Garoto, reunindo magistrados, policiais, psicólogos, advogados, professores e outros profissionais que podem contribuir para combater esse tipo de crime.

O projeto é uma parceria da escritora Maura de Oliveira com a Prefeitura de São Gonçalo, através da Secretaria de Educação, e será implantado nas escolas municipais, buscando difundir entre os jovens este tema tão pertinente. Maura relata que sofreu abuso quando criança e só viu uma saída quando uma professora conversou com ela após chorar muito na hora de voltar para casa.

Para o prefeito José Luiz Nanci, implantar esse projeto nas escolas é muito importante. "Muitas pessoas infelizmente sofrem com este tipo de problema no seio de suas famílias. Fico muito feliz que a semente deste projeto esteja sendo plantada em São Gonçalo, as crianças são as maiores vítimas deste crime e protegê-las é de suma importância. Quero parabenizar a todos que estão contribuindo para implantação do projeto em nosso município, pois esse trabalho é muito importante para que as famílias aprendam a se proteger", declarou o prefeito.

"Este é um projeto de grande relevância não só para São Gonçalo, mas para todo o estado do Rio de Janeiro e para todo o país, quando se fala do crime de pedofilia. Lembro bem de quando a Maura de Oliveira me procurou na secretaria e expôs a importância de trazer para São Gonçalo, como cidade pioneira, uma questão de grande magnitude. Hoje o processo para implantação do projeto já está nos ajustes finais. A pedofilia por mais que se fale, existe ainda o medo por parte da vítima, e o objetivo da parceria não é somente as crianças, visa também alcançar os pais e responsáveis com palestras, encontros e materiais didáticos", afirmou Marcelo Azeredo, secretário municipal de Educação.

O vereador Alexandre Gomes - que convocou a audiência pública e entregou ao presidente do TJRJ uma Moção de Aplausos em nome do Legislativo gonçalense - destacou dados da CPI da pedofilia instalada no Senado em 2018: 95% dos que abusam sexualmente de crianças e adolescentes são conhecidos deles e 65% são parte a família da vítima. Quase 99% são homens. "Uma em cada três meninas denuncia o abuso e apenas um em cada 100 meninos", disse ele, deixando claro que pedofilia não tem cura por não ser uma doença.

O presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Claudio de Mello Tavares, destaca. "Chama a atenção no cenário globalizado atual a existência de autênticas teias organizadas de criminosos voltados à exploração sexual de crianças. Isso, evidentemente, desperta nossa atenção para urgência de uma investigação administrativa e judicial capaz de surpreender tais grupos. Uma saída por exemplo, já atualizada em outros estados pelo Supremo Tribunal Federal, é a remessa desses processos criminais às Varas da Infância e da Juventude. Com a graça de Deus, avançaremos rumo a um Rio de Janeiro em que as crianças e os adolescentes possam guardar sua inocência e seus sonhos intactos", disse o presidente do TJRJ.

Maura de Oliveira, que relatou que sofreu abuso quando criança, afirma que é difícil mas não impossível dar a volta por cima. "Quero destacar que São Gonçalo será o precursor de um projeto fantástico com uma equipe pedagógica maravilhosa. E sem a sensibilidade do prefeito José Luiz Nanci e do secretário de Educação, Marcelo Azeredo, isso não seria possível. Nós precisamos de adultos saudáveis e, para isso, precisamos cuidar das nossas crianças e adolescentes, observando que muitas delas, vítimas de pedófilos, entram em depressão podendo até mesmo se automutilar e chegar ao extremo de cometer suicídio", finalizou Maura de Oliveira.

A mesa foi composta pelas seguintes personalidades: Dr. Claudio de Mello Tavares, desembargador, presidente do TJRJ; José Luiz Nanci, prefeito de São Gonçalo; Dr. Fábio Dutra, desembargador; Dra. Ivone Ferreira, desembargadora; Marcelo Azeredo, secretário de Educação; Dra. Juliana Emerique, delegada; Dr. Adilson Palácio, delegado; Dra. Paula Reis, delegada da Polícia Federal; Dr. Emerson Brant, policial civil; Dr. Eliano Enzo, presidente da OAB-SG; Maura de Oliveira, escritora; e Dra. Quezia Carvalho, psicanalista e educadora; entre outros.

São Gonçalo, 05/11/2019

Fonte: Semed

Foto: Lucas Alvarenga

Número de acesso(s) : 1128

Seta Mais Notícias
Clique para Imprimir Imprimir Enviar a um amigo Enviar Notícia Voltar Topo

Notícias Relacionadas

Prefeitura garante entrega de kit merenda para 47 mil estudantes;

Prefeitura oferece nova data para quem não conseguiu receber o kit merenda escolar;

Entrega de kit merenda escolar continua no Estephania de Carvalho;

São Gonçalo entrega kit merenda para alunos de 150 unidades de ensino;

Prefeitura realiza mais um dia de entrega do kit merenda ;

Estudantes de São Gonçalo recebem kit merenda escolar;

Portal da Transparência Inscrição Seminário Nacional do Ines Contatos - Iluminação Pública
Nota Fiscal Eletrônica Ouvidoria Geral - (21)2199-6330 Defesa Civil - 199 Plano Minicipal de Saneamento Básico
Samu

Cidade

Cidadão

Servidor

Governo

Empresa

brasao
Base rodap�
Copyright® 2017 Portal do Município de São Gonçalo
© 2017 Prefeitura de São Gonçalo - Todos os direitos reservados.
| Conteúdo protegido pela Lei 9.610 de 19.02.1998. |
Rua Feliciano Sodré, 100 – Centro – SG. Cep: 24.440-440 Tel: 2199-6300
Horário de atendimento das 9h às 16h30min