São Gonçalo, 21

de Janeiro de 2022

Acessibilidade

Acesso Rápido



Início do Site Notícias

Notícias

Prefeitura apresenta cumprimento das metas fiscais do 3º quadrimestre de 2019


 Clique na imagem para ver todas as fotos.
A Secretaria Municipal de Controle Interno apresentou, nesta quarta-feira (19), o relatório do cumprimento das metas fiscais do 3º quadrimestre de 2019. A audiência pública aconteceu na Câmara de Vereadores e, dentre os pontos destacados, estão a arrecadação total acima do previsto, redução da dívida fiscal líquida e da despesa total com pessoal.

De acordo com a previsão feita pelo município, o total geral da receita ficou 5,81% acima da previsão para o exercício, chegando a R$1.415.079.812,40 ao final de 2019. Na parte de receitas tributárias, por exemplo, o orçamento previa arrecadação de R$296.511.515,00, mas fechou em R$327.579.013,31 - número este 10,47% maior.

Outra questão relevante foi a redução da dívida fiscal líquida. Em 31 de dezembro de 2018, o déficit era de R$433.235.298,40, dívida esta deixada por outras gestões. Já em 31 de dezembro de 2019, de acordo com o relatório, a dívida caiu para R$64.238.712,90, o que demonstra o valor de R$368.996.585,50 pagos nos últimos 12 meses.

A atual gestão também avançou na administração da despesa total com pessoal, que compreende o somatório dos gastos com servidores ativos, inativos, pensionistas, comissionados, bem como encargos sociais. Atualmente, o município investe 50,01% da receita total com gasto de pessoal, ficando abaixo do limite máximo previsto em lei, que é de 54%. Inclusive abaixo, também, do limite prudencial (51,30%), que é o valor estabelecido em lei para que os municípios comecem a ficar atentos em relação aos gastos neste setor.

Áreas importantes do serviço público também estão apresentando melhorias, como foi mostrado no relatório disposto na audiência pública. A aplicação na Saúde foi de 20,08%, acima do limite mínimo constitucional de 15%. Já na Educação, a aplicação na manutenção e desenvolvimento do ensino ficou em 28,64%, enquanto o limite mínimo é de 25%. Também na Educação, a despesa com o magistério representou 89,78% das receitas oriundas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), valor bem acima do limite mínimo constitucional anual com o magistério (60%).

Todos os dados foram apresentados pela secretária de Controle Interno, Danielle Fabrícia de Matos; pelo subsecretário de Contabilidade, Luis Antonio Santos; e pelo coordenador de Controle Interno, Luiz Claudio Silva. A audiência foi presidida pelo vice-presidente de Finanças e Orçamento da Câmara, Eli da Rosabela.

São Gonçalo, 19/02/2020

Fonte: Ascom

Autor: Aaron Cesar

Foto: Jonas Guimarães

Número de acesso(s) : 715

Seta Mais Notícias
Clique para Imprimir Imprimir Enviar a um amigo Enviar Notícia Voltar Topo
Portal da Transparência Inscrição Seminário Nacional do Ines Contatos - Iluminação Pública
Nota Fiscal Eletrônica Ouvidoria Geral - (21)2199-6330 Defesa Civil - 199 Plano Minicipal de Saneamento Básico
Samu

Cidade

Cidadão

Servidor

Governo

Empresa

brasao
Base rodap�
Copyright® 2017 Portal do Município de São Gonçalo
© 2017 Prefeitura de São Gonçalo - Todos os direitos reservados.
| Conteúdo protegido pela Lei 9.610 de 19.02.1998. |
Rua Feliciano Sodré, 100 – Centro – SG. Cep: 24.440-440 Tel: 2199-6300
Horário de atendimento das 9h às 16h30min