São Gonçalo, 24

de Janeiro de 2022

Acessibilidade

Acesso Rápido



Início do Site Notícias

Notícias

Polo Sanitário une saúde e empoderamento feminino em ação pelo Dia Internacional da Mulher


 Clique na imagem para ver todas as fotos.
O Polo Sanitário Hélio Cruz, em Alcântara, celebrou o Dia Internacional da Mulher de forma diferente. A equipe multidisciplinar do local realizou hoje (11), uma ação pela saúde da mulher com diversas atividades que reforçam a autoestima, o valor e o empoderamento feminino. O evento contou com cerca de 50 mulheres que puderam passar por diferentes atividades durante a manhã.

As pacientes tiveram um momento de formação e bate-papo sobre diferentes temas que incentivam as mulheres a buscarem a sua igualdade de direitos sociais no mundo. Quem esteve presente pôde aprender um pouco mais sobre a atenção humanizada à Saúde da Mulher, planejamento familiar e a importância do exame de preventivo, violência doméstica e valorização feminina, empreendedorismo feminino e o papo das divas. Nas palestras foi abordado a importância da mulher na sociedade e o papel que ela desenvolve como educadora, profissional, mãe, esposa e tantos outros.

Também foi abordada a questão da prevenção do feminicídio e como a mulher deve proceder nestas situações estando alerta para os diferentes níveis de violência. Também foi enfatizado que a violência nem sempre é física, mas também verbal, emocional, psicológica, financeira, sexual, entre outras, e quais meios legais a mulher tem para se proteger.

A Diretora do Polo Sanitário, Ana Paula Silva, reforçou a importância de conscientizar a comunidade. “Nosso objetivo é atender a mulher como um todo com relação a sua saúde. Mas não só a saúde física, também focamos na emocional e psicológica. Nossa luta é pela igualdade de direitos da mulher dentro da sociedade”, conta Ana Paula, orgulhosa por ter sob sua gestão uma comissão toda formada por mulheres como diretora, administradora e as médicas e enfermeiras responsáveis técnicas todas com voz em uma gestão horizontal.

A assistente social Michele Paula, responsável pelo Planejamento Familiar no Polo, reforçou que o trabalho realizado no Hélio Cruz é de "formiguinha". “Nós criamos multiplicadoras e mostramos às mulheres a sua responsabilidade social. Aqui deixamos claro que o feminismo não é o antônimo do machismo, mas sim uma luta de conquistas de espaço e igualdade”, relata a assistente social, que ainda enfatiza que a maior dificuldade é trazer o homem para o serviço de saúde e fazê-lo entender a importância do planejamento familiar.

“Nossa meta é fazer com que o homem compreenda que quando a parceira deseja fazer uso do preservativo para não engravidar que isso seja compreendido. Além de mostrar o cuidado com as doenças sexualmente transmissíveis, já que temos no município um grande índice de contaminação de sífilis e HIV entre mulheres casadas”, reforça Michele.

Para a paciente Marlene Socorro, moradora do Laranjal, o assunto é de extrema importância, já que a mesma atuou um tempo como conselheira da mulher e tutelar. “A informação é muito importante, porque através dela podemos buscar a nossa segurança. Outro ponto positivo é que através da informação podemos criar novas multiplicadoras”. Marlene, que diz já ter sido vítima de violência, ainda reforça a importância da ação. “Nós mulheres quando estamos em papéis de liderança temos que quebrar barreiras todos os dias, pois o preconceito que existe contra nós é muito grande”.

Além das palestras e bate-papos, o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), em parceria com a organização do Polo Sanitário, realizou com as pacientes sessões de musicoterapia e auriculoterapia para trazer mais qualidade de vida às participantes através de terapias alternativas e multidisciplinares.

Mutirão de Preventivo acontece nas sextas-feiras de março

Durante o evento sobre a saúde da mulher, questões importantes como o exame citopatológico, mais conhecido como preventivo ou Papanicolau, não foi deixado de fora. A responsável técnica do Polo e enfermeira Débora Maia além de falar da importância do exame que previne contra o câncer no colo do útero, também reforçou que durante as sextas-feiras 13, 20 e 27 de março, o Polo Sanitário Hélio Cruz irá realizar o Mutirão de Preventivo.

Débora também falou da importância da vacina contra o HPV, um vírus que infecta a pele e a mucosa que pode causar lesões, verrugas e até câncer no colo do útero. A vacina contra o vírus Papiloma humano deve ser aplicada nas meninas de 9 a 14 anos, 11 meses e 29 dias; e nos meninos com idade entre 11 e 14 anos, 11 meses e 29 dias; e está disponível nos postos de saúde.

“Nossa meta é fazer a mulher se cuidar mais e reduzir o número de casos de câncer no colo do útero. Afinal, cuidar da própria saúde também é um ato de empoderamento e de amor por si mesma”, disse a enfermeira.

O Mutirão do Preventivo está disponível para todas as mulheres do município durante as três sextas-feiras de março, das 8h às 17h. Para participar basta a paciente se dirigir ao Polo Sanitário Hélio Cruz, R. Concórdia, s/n, Alcântara, levando uma cópia do documento de identificação. Vale ressaltar que não é preciso ter nenhum encaminhamento médico para a realização do exame.

São Gonçalo, 11/03/2020

Fonte: Ascom

Autor: Rafael Thomas

Foto: Jonas Guimarães

Número de acesso(s) : 831

Seta Mais Notícias
Clique para Imprimir Imprimir Enviar a um amigo Enviar Notícia Voltar Topo

Notícias Relacionadas

Boletim Coronavírus - 13/06/2020;

Boletim Coronavírus - 12/06/2020;

Boletim Coronavírus - 11/06/2020;

São Gonçalo autoriza reabertura de atividades comerciais respeitando protocolos ;

Boletim Coronavírus - 10/06/2020;

Hospital Franciscano também fará testagem para Covid-19;

Portal da Transparência Inscrição Seminário Nacional do Ines Contatos - Iluminação Pública
Nota Fiscal Eletrônica Ouvidoria Geral - (21)2199-6330 Defesa Civil - 199 Plano Minicipal de Saneamento Básico
Samu

Cidade

Cidadão

Servidor

Governo

Empresa

brasao
Base rodap�
Copyright® 2017 Portal do Município de São Gonçalo
© 2017 Prefeitura de São Gonçalo - Todos os direitos reservados.
| Conteúdo protegido pela Lei 9.610 de 19.02.1998. |
Rua Feliciano Sodré, 100 – Centro – SG. Cep: 24.440-440 Tel: 2199-6300
Horário de atendimento das 9h às 16h30min